quinta-feira, 19 de junho de 2008

7º ano (6ªsérie) - Texto: Blusão da Moda

Seguem a seguir as questões referentes ao texto.


Conforme combinado, as respostas deverão ser postadas até 22/06/2008 às 18h.

Questões retiradas do livro: Novo Diálogo, Língua Portuguesa, 6ª série, Eliana Beltrão e Tereza Gordilho, FTD

1. A crônica, geralmente, trata de fatos do cotidiano das pessoas. Nessa crônica, o narrador conta, em 1ª pessoa, a tentativa de comprar um blusão numa loja.

a) A quem o narrador-personagem se dirige ao entrar na loja?

b) O que acontece quando o narrador pede para ver o blusão?


2. No terceiro parágrafo, o narrador-personagem descreve o dono da loja e a si mesmo.

a) Especifique os adjetivos que se referem:

Ao dono da loja;

Ao narrador-personagem;

b) O que o narrador evidencia com essa maneira de construir a descrição?


3. O narrador-personagem, no quarto parágrafo, torce para que o blusão, de que tanto gostou, caiba nele...

a) Que ação do dono da loja surpreende o narrador?

b) Por que, nesse parágrafo, foram empregadas aspas em “que pena, é muito grande”?


4. A crônica pode explorar a crítica, o humor, a ironia.

a) Copie a(s) frase(s) que, de acordo com o texto, apresenta(m) um tom irônico.

“Vejo um blusão de lã e me agrado dele.”

“Fico torcendo para que o número seja o meu [...].”

“Um cidadão cortês, prestativo, interessantíssimo na minha humilde pessoa.”

“_ Está bom demais: é blusão pra mim e meus quatro filhos...”

b) Explique o que dá o tom de ironia às frases escolhidas por você.


5. O narrador-personagem emprega diferentes termos para referir-se ao dono da loja.

a) Faça uma lista desses termos na ordem em que eles aparecem na crônica.

b) Com base nesses termos, o que fica subentendido sobre o que o narrador-personagem sente em relação ao dono da loja?


6. Releia o trecho do terceiro parágrafo, que descreve como age o comerciante ao saber do interesse do narrador pelo blusão exposto na vitrine.

a) Como age o comerciante nesse momento?

b) Que recursos lingüísticos empregados nesse trecho ajudam o leitor a construir a imagem descrita?


7. Com base no desfecho da crônica, responda: O que é possível concluir sobre o comportamento do vendedor, personagem do texto, em relação ao consumidor?

3 comentários:

Amanda disse...

1. a) Ele se dirige ao preço do Blusão.

b) O seu atendente procura um blusão 46 e encontra um 50.

2. a) Dono da loja: cortês, prestativo, interessado no narrador.
Narrador-personagem: humilde pessoa.

b) Nos atendentes das lojas, sempre simpáticos e prestativos.

3. a) Mesmo o narrador falando que o blusão ficaria enorme o gerente tira o casaco do cliente vestindo o blusão.

b) Porque é uma citação do “narrador-cliente”.

4. a) “_ Está bom demais: é blusão pra mim e meus quatro filhos...”

b) O blusão está tão grande que caberia mais pessoas magríssimas com ele.

5. a) Cortês, prestativo, possui coragem Síria, persistente.

b) Que é um bom vendedor, insistente e prestativo.

6. a) Ele age como querendo vender o mais depressa possível o blusão.

b) A enumeração de adjetivos usando a vírgula.

7. Vendedor: insistente.
Personagem: implicante.
Consumidor: sempre levado pela “lábia” do vendedor.

Caio César disse...

QUINTA-FEIRA, 19 DE JUNHO DE 2008
7º ano (6ªsérie) - Texto: Blusão da Moda
Seguem a seguir as questões referentes ao texto.


Conforme combinado, as respostas deverão ser postadas até 22/06/2008 às 18h.


1. A crônica, geralmente, trata de fatos do cotidiano das pessoas. Nessa crônica, o narrador conta, em 1ª pessoa, a tentativa de comprar um blusão numa loja.

a) A quem o narrador-personagem se dirige ao entrar na loja?

R-) O próprio dono da loja.

b) O que acontece quando o narrador pede para ver o blusão?

R-) O homem vai, olha qual é, procura um outro semelhante, não encontra, e descobre que o que está de amostra é o último.

2. No terceiro parágrafo, o narrador-personagem descreve o dono da loja e a si mesmo.

a) Especifique os adjetivos que se referem:

Ao dono da loja; Cortês, prestativo, interessadíssimo.

Ao narrador-personagem; Humilde

b) O que o narrador evidencia com essa maneira de construir a descrição?

Que acha ter visto em mais de uma história d’as mil e uma noites.

3. O narrador-personagem, no quarto parágrafo, torce para que o blusão, de que tanto gostou, caiba nele...

a) Que ação do dono da loja surpreende o narrador?

quando já está tirando o seu casaco, e vestindo o blusão grande nele.
b) Por que, nesse parágrafo, foram empregadas aspas em “que pena, é muito grande”?

Porque está se usando uma expressão.

4. A crônica pode explorar a crítica, o humor, a ironia.

a) Copie a(s) frase(s) que, de acordo com o texto, apresenta(m) um tom irônico.

“Vejo um blusão de lã e me agrado dele.”

“Fico torcendo para que o número seja o meu [...].”

“Um cidadão cortês, prestativo, interessantíssimo na minha humilde pessoa.”

*“Está bom demais: é blusão pra mim e meus quatro filhos...” *
*************************************************
b) Explique o que dá o tom de ironia às frases escolhidas por você.

Que a roupa é tão grande que cabe ele e todos os seus filhos dentro

5. O narrador-personagem emprega diferentes termos para referir-se ao dono da loja.

a) Faça uma lista desses termos na ordem em que eles aparecem na crônica.

Cortês, prestátivo, interessadíssimo, coragem muito síria, turco...

b) Com base nesses termos, o que fica subentendido sobre o que o narrador-personagem sente em relação ao dono da loja?

Que apesar da aparência de bom, o que importa para ele é vender

6. Releia o trecho do terceiro parágrafo, que descreve como age o comerciante ao saber do interesse do narrador pelo blusão exposto na vitrine.
a) Como age o comerciante nesse momento?
Sai para buscar o blusão na vitrina, vem procura na prateleira um semelhante.
b) Que recursos lingüísticos empregados nesse trecho ajudam o leitor a construir a imagem descrita?
Ele vai, olha qual é, vem...

7. Com base no desfecho da crônica, responda: O que é possível concluir sobre o comportamento do vendedor, personagem do texto, em relação ao consumidor?
Que ele não era muito correto com os compradores, na realidade o que ele queria sempre era vender o blusão.

Izabela disse...

1. a) Com o dono da loja.
b) Ele vê que o número não é adequado para o seu tamanho e tenta dizer que é muito garnde.

2. a) Dono da loja: cortês, prestativo.
Narrador: humilde.
b) Mostrando que o dono é interesseiro.

3. a) Que como o casaco não servia, o dono da loja ainda insistia para pôr o casaco no narrador.
b) Porque é uma coisa que o narrador já tinha falado outras vezes em outras lojas que ele já tinha ido e que não deu certo, como ele diz no texto.

4. a) b) “ Viu? Olha aí! “ O dono da loja, sabe que ficou grande, mas como quer vender diz com ironia dando a impressão de que ficou bonito.
“ Está bom demais: é blusão pra mim e meus quatro filhos... “ O narrador viu que não deu certo , mas para não desagradar o dono diz que ficou bom.

5. a) b) Persistente,interesseiro e etc. Fica entendido que o dono quer aproveitar e que é muito sínico.

6. a) Atende o narrador, vê qual o narrador quer, olha na prateleira, observa que não tem e pega o da vitrine.
b) Pelo uso da vírgula e do ponto final.

7. O vendedor só queria vender o blusão de uma forma ou de outra e o consumidor no caso foi enganado.